0 comentários

  • É uma boa idéia de presente para aquela tia gorda que só fala escrotices. ^^

  • As fotos ilustrativas me fizeram sentir vergonha alheia. =[

  • E existe incentivo para ser desse jeito….vergonhoso!

  • Vou ser criticado pelo que vou dizer agora mas acho um absurdo ter que adaptar um monte de coisas por conta da obesidade alheia. Tá certo que tem gente que tem disfunção hormonal e coisas do gênero mas ficar IMENSO acredito ser algo evitável (algum especialista/entendedor no assunto me corrija se eu estiver errado).

  • será que uma dessa vai servir pra Melancia?

  • lol uhasduhauhsd

  • Graficamente, o folheto é podre, rs.
    Mas acho justo o cara poder comprar um vaso sanitário maior, pra ter mais conforto na sua casa.
    Já basta os gordos ficarem desconfortáveis e serem espremidos em locais públicos, apesar de concordar que não dá pra fazer coisas em série pensando nas exceções.
    Mas na casa dele, ele pode fazer as adaptações pra viver sem se sentir excluído, ué.

    Não acho que seja incentivo a continuar gordo. É uma forma de lidar com um problema que existe e está aí.
    Não é porque ser gordo não é desejável, que a solução é ignorar a situação atual e forçar as pessoas que sofrem com isso a viver sendo discriminadas, mesmo dentro de casa.

    Achei válido.

  • Não acredito

  • Não acredito que filosofei sobre vaso sanitário plus size… rs.

    (o post anterior foi por engano, sem estar completo)

  • Kiwi,
    se vc fosse empresário passaria fome. A população em geral está engordando, no Brasil mais de 40% da população adulta está, no mínimo, com sobrepeso. Adaptar produtos à nova “clientela” nada mais é que conquistar um nicho de mercado cada vez maior e rentável (pois produto novo, é mais caro).
    Concordo que é evitável chegar à obsidade mórbida, mas tantas outras coisas também são, certo? Tudo depende de seu estilo de vida e de seu senso de julgamento.

  • @Fuderoso

    Não critiquei a idéia de explorar a obesidade alheia no mercado, aliás, achei uma ótima idéia, só acho absurdo a gente ter que adaptar o mundo ao nosso redor porque tem gente que come demais (enquanto tem um monte de gente que se fode pra arrumar UM prato de comida por dia). Tem que tirar a comida da boca de um gordo desses e dar pra quem realmente PRECISA.

Discuta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *